luna park

@Euthanasia Coaster

американские горки – montanha americana, adaptando, a Rússia –

foi mesmo na Rússia que tudo começou

no século XV em montanhas de verdade que

formavam imensas rampas cobertas

pela neve Subia-se até o

alto

para deslizar

encosta abaixo sentado sobre blocos

de gelo recobertos de palha O sistema de freios era

rudimentar: nos últimos metros

jogava-se areia na

pista

para reduzir a

velocidade dos, digamos, carrinhos

Depois os blocos de gelo foram substituídos por trenós

bastante mais velozes Em 1784

em São Petersburgo

ainda

na Rússia dos czares

foi construído o primeiro trenzinho

específico para esse fim Em 1827 foi a vez dos

Estados Unidos inaugurarem sua primeira montanha-russa

uma montanha-russa-americana adaptando

– claro, adaptando, os Estados Unidos –

os trilhos de uma mina de

carvão

para um passeio que durava

mais de duas horas O sistema de freio era manual e

podia ser acionado pelos passageiros A partir daí o século XIX viveu a

febre da montanha-russa, com variadas adaptações

– claro, adaptando, o século XIX –

Em vez de descidas

radicais

os trenzinhos passeavam por

túneis com cenários especialmente armados nasciam

as impressionantes atrações universais dos parques de diversões:

o túnel do amor e o trem fantasma

Em 1846 os franceses

inauguraram o

looping

Mas a montanha-russa como a

conhecemos hoje só surgiu em 1884 nos

Estados Unidos e Foi também ali em 1959 que

surgiu o modelo em tubos de aço material que permitiu

montanhas cada vez mais assustadoras O sistema de freio não

pode mais ser acionado pelos passageiros Há carrinhos que

passam dos 160 km por hora e algumas

quedas

superiores a

100

metros

o amor

eu…

– claro, adaptando, o amor –