do casa pro cais

tumblr_nwpo40e1xU1qhgogbo1_500

 

 

 

Ela diz: terminar

é não ter nada para recomeçar

e sempre há: uma pedra

para arremessar, uma rua seguinte,

uma dobra, um céu, o fim,

agora vejo, ainda não sonolento,

nada tem com o seu desaparecimento

você não desaparecerá, você será sempre.

Estátua, pétala, árvore grosseira

de um jardim falido.

O longo exercício do olhar para si.

Escrever para si.

Subir em bancos não te faz pensar maior,

escute aqui suavemente,

sem os outros escutarem. Eu posso te contar

o caminho, mas não importa.

Ele leva para o mesmo lugar, um circuito,

a passeata dos vivos. Você não está no caminho

e isso é largo. Um lugar sem chances

não há corredores, não há portas e tanto faz.

Ela diz: perguntar é achar uma resposta. E tanto faz.